segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Sugestões de situações-problemas–de acordo com o grau de complexidade

Antes de introduzir situações-problemas (trabalhando com situações vivenciadas pelos alunos) e é preciso considerar que há uma ordem que parte de uma estrutura mais simples para a mais complexa, pois as situações-problemas são classificadas em 3 tipos:
Simples.
Complexas.
Com dados a serem selecionados.
Situações-problemas que envolvem somente estratégias sem algoritmos.
1- Situações-problemas SIMPLES
São as situações-problemas que envolvem somente uma operação matemática, apenas uma ação relacionada às quantidades é realizada.
Exemplo:
“No parquinho da escola estavam brincando 5 alunos do 1º Ano B quando chegaram 3 alunos do 1º Ano A. Quantas crianças tem, agora, no parquinho?”
2-Situações-problemas COMPLEXAS
Quando envolvem mais de uma operação matemática em relação a quantidades.
Exemplo:
clip_image001N
o início do ano, na nossa sala, havia 23 alunos. Destes 28 alunos 12 são meninos. Thainá e Rafaela foram transferidas para outra escola. Quantas meninas ficaram na nossa turma?
3 – Situações-problemas com dados para solicitar.
Há problemas em que alguns dados não são usados nas operações e as crianças precisam selecionar quais são necessários para encontrar a solução.
Exemplo:
clip_image002Para formar o time de futebol do 5º Ano os alunos foram comprar uniformes, chuteiras e meias. Marcos comprou uma chuteira número 40 por R$60,00; comprou o uniforme tamanho 42 por R$80,00 e um meia tamanho único por R$30,00. Quanto Marcos pagou pela compra que fez?
(quando o aluno não consegue interpretar o enunciado( e não foi trabalhado com ele que alguns dados não vão interferir na solução do problema – a resposta da pergunta-) ele pode usar os números que determinam medidas e usá-las nas operações ).
4-Situações-problemas (Heurísticos) que envolvem lógica e estratégias de pensamentos, sem operações fundamentais.
Exemplo:
 r     “Há três pessoas querendo atravessar um rio com uma canoa que suporta no máximo 150 kg. Sabendo que Paulo e Pedro têm 50 kg cada e José 100 kg. Como é possível fazer essa travessia com essas três pessoas?”
Embora haja números no enunciado, a pergunta não está interessada com cálculos aritméticos. O uso das operações pouco importa, pois o problema não está centrado na operação automática e sim em resolver por meios de operações a situação dada. O uso de letras, de figuras, desenhos são considerados grandes ferramentas para elaboração de estratégias na resolução de problemas.
Conclusão
Os Exemplos dados dos 4 tipos principais de situações-problemas deixam claro que quando se inicia o trabalho de compreensão de uma situação-problema é preciso:
  • que seja uma situação vivenciada no cotidiano ou que possa ser levada para sala de aula;
  • Que seja iniciada partindo do mais simples s ao mais complexo, de acordo com o cada série/ano. As
As situações-problemas nas séries iniciais e finais do Ensino Fundamental devem se concentrar nas quatro operações fundamentais: adição, subtração, multiplicação e divisão.
A construção conceitual de cada uma das operações vão se consolidar no desenvolvimento do pensamento lógico.
Por: Júlia Virginia de Moura – Pedagoga
Fonte:
Faraco Ramo, Luzia.
Conversas sobre Números, ações e Operações.
A Prática de Resolução de Problemas
http://www.infoeducativa.com.br/index.asp?page=artigo&id=1136
Veja também no blog:
Impacto da Pedagogia Moderna
Problemas Matemáticos? A maioria dos alunos não entendem os enunciados!
http://impactodapedagogiamoderna.blogspot.com.br/2012/10/problemas-matematicos-maioria-dos.html


































Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não seja apenas um visitante que busca artigos interessantes, atividades que podem ser usadas em sua sala de aula. Deixe seu comentário.Uma sugestão. E o mais importante contribua com suas ideias, práticas e experiências de sucesso.Enriqueça este espaço, sem a sua participação, não haverá sucesso. E volte sempre.Obrigada